Retrospectiva 2021

O setor de papel e papelão passou por diversos desafios em 2021. O mercado foi muito afetado pelos altos e baixos da economia, impactado diretamente pela pandemia do covid19

Tivemos uma grande mudança nos hábitos de consumo no primeiro semestre, muito agressivo e ainda impactado pelo ano de 2020. A importação de Aparas e Papéis para Embalagens possibilitou uma adequação dos estoques nas empresas e uma menor explosão dos preços e maior oferta de produtos.
Já no segundo semestre, uma inversão total de indicadores e a desaceleração do mercado. A procura diminuiu, os preços foram as alturas e a oferta e demanda acabou por estabilizar.

Os desafios para 2022 são enormes e ainda é muito difícil fazer projeções assertivas para os cenários que se apresentam.

A Volta do auxílio emergencial, as preocupações constantes com a insistência da Pandemia e novas cepas, inflação alta e ainda fora de controle, câmbio e mercado de capitais também com muitas oscilações; todas estas variáveis ainda tendem a interferir muito no desempenho do Setor que se preparou muito bem para atender possível nova alta de demanda por Embalagens.

Os desafios só reforçam nosso propósito e o presente embala o nosso futuro.

A previsão pós-pandemia para nosso setor é de crescimento superior a 2% para papel e papelão, em 2022, voltando aos níveis anteriores a 2020, atingindo uma previsão de 70 milhões de toneladas consumidas.

Apesar dos desafios da economia persistirem há dois anos, ainda buscamos a sustentabilidade, buscando tendências como a substituição do plástico e a alta do e-commerce.

Não se engane, caixas de papelão ainda são as melhores opções.

Conte conosco, a Upaper está mais ativa do que nunca.

Fale com nossos consultores!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *